Posts by Ghost Man

    2.png


    1.png


    Resultado da votação.

    1. A guerra encerra com vitória por WO após 48h, se não houver tentativa de negociação ou comparecimento da desafiada.
    2. A guerra encerra com vitória para a desafiante após 48h, se houver tentativa de melar a guerra, proposta de parâmetros infundados ou protelação por parte da desafiada.
    3. Encerra sem vencedores, quando houver recusa da desafiada no período de negociação.
    4. Encerra com vitória para a adversária se após 24h do aceite da guerra não houver envio da coordenada/print da ilha de defesa ao Juiz de Guerra (Para modalidade de ocupação de ilha)

    Apenas uma dúvida, essas orientações a respeito do encerramento das guerras foram registradas em algum ponto? como ficou essa questão? (se já tem e eu não vi, desculpem-me)

    Eu acho que seria melhor se houvesse uma ferramente mais completa no jogo para declarar guerra, podendo definir as condições para vitória, com moderação somente se um dos lados pedirem, ex: A declara guerra com B, condições: min 50% dos jogadores de cada aliança participar, a aliança que atingir x pontos ou a que tiver mais pontos até a data y será a vencedora, se não me engano já existe esse recurso de pontos no desafio de guerra, porém se a aliança C ajudar a aliança A, a aliança B poderá ser considerada vitoriosa caso um moderador defina isso, ou seja, o historico de batalhas durante guerra deverá ser mantido por mais tempo para analise de um moderador (se exigido) ou provas deverão ser anexadas no pedido de intervenção.
    Lembrando que a compra/venda de soldados faz parte da estratégia e deve ser levado em consideração ao declarar/aceitar um desafio de guerra.

    Recomendo a leitura: https://board.br.ikariam.gamef…om/index.php/Thread/19179

    Apresentação das alianças está ai pra isso, se a mesma tem apresentação que seja exigido, se não que aceite apenas a d diplomata.

    Então, a apresentação é para quem declara.


    Exemplo:

    Eu apresento minha aliança, declaro guerra contra a sua, mas a sua não tem apresentação. Como vou saber os cargos? por isso digo que a segurança é o contatar diplomata.
    Se a sua possuir apresentação, tudo bem, isso pode ser usado como base. Mas não é obrigatório, entende?

    Sobre a votação, há um trecho que fala sobre mandar MP a todos da cúpula, ao diplomata e ao líder, ou somente ao diplomata.


    Destaco que nem sempre a adversária conhece toda a cúpula, e por vezes não conhece o líder. O único contato seguro é o do diplomata, por que independente de quem esteja no cargo o jogo garante que o diplomata atual receberá a mensagem sendo ela enviada a partir do contatar diplomata.


    Além disso, vale destacar que cargos podem ser rotativos a depender da necessidade, portanto uma cúpula conhecida num momento pode não ser mais cúpula num segundo momento.


    Portanto, só vejo garantia de cumprimento disso, em mensagem via contatar diplomata.


    E ainda, a desafiada pode fazer alteração dos cargos posterior ao envio das mensagens e acusar que a cúpula atual não recebeu.


    Enfim, esse é um ponto que ficaria na mão dos jogadores das duas alianças e não haveria controle por parte do juiz (independente de quem seja ele) pois ele não conseguiria validar os cargos, então única forma segura e garantida de contato é o contatar diplomata.


    Observação: Nem sempre a desafiada possui apresentação válida para que se possa usar como base para análise dos cargos.

    Tivemos a nova redação das regras, estamos com essa discussão de como melhorarmos o parâmetros e minha opinião é a mesma: moderador voltando a ser mais participativo e guerra iniciada após as 48 horas se não houver comparecimento ou se houver comparecimento sem um post sequer sobre a negociação.

    Jogamos o jogo para nos divertir, de burocrático e de quebrar a cabeça já basta o meu trabalho e eu tô correndo dele.

    Falou tudo que era necessário